O que o movimento “Occupy” tem a ver com os protestos no Brasil?

EM FINS DE 2011, um acampamento do movimento Occupy do lado de fora da catedral de St Paul, em Londres, era um aglomerado de barracas que, juntas, davam a impressão de uma “feira” em que se ofereciam dezenas de mensagens, das mais variadas, contra a ordem estabelecida.

Caminhando por entre as barracas, a reportagem da BBC Brasil notava a sensação de que a mensagem genérica valia mais que o conteúdo específico ─ que a visão expressada pelo movimento suplantava a importância das reivindicações concretas dele.Meses depois, uma nova visita a um acampamento do movimento, desta vez na capital americana, Washington, em 2012, comprovava que a articulação se afrouxava e definhava pouco a pouco.

Continue reading “O que o movimento “Occupy” tem a ver com os protestos no Brasil?”

Imigrantes e gays “trocam lições” nos EUA

SE A REFORMA migratória chegar ao plenário do Senado em junho, como previsto, poderá coincidir com a época em que Supremo dos Estados Unidos decidirá a respeito de dois casos envolvendo o casamento homoafetivo, a principal bandeira do movimento de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT).

Qualquer semelhança não é mera coincidência.

Continue reading “Imigrantes e gays “trocam lições” nos EUA”

O desafio de comunicar uma revolução sem um ‘Che’

CHE GUEVARA foi transformado em ícone global e as balaclavas do Exército Zapatista de Liberação Nacional (EZLN) do Estado de Chiapas, no México, já mostravam que o pop também está a serviço das revoluções contemporâneas.

Na Venezuela, ninguém como o chamado líder da autoproclamada revolução bolivariana se adequou tão bem a essa finalidade quanto Hugo Chávez.

Continue reading “O desafio de comunicar uma revolução sem um ‘Che’”

Um olhar sobre o ‘último referendo sobre Chávez’

MILHÕES de venezuelanos vão às urnas neste domingo em uma eleição presidencial que se converteu, como era previsto, em um referendo – póstumo e último – sobre os 14 anos da era Hugo Chávez.

Mesmo sem a presença física do líder da chamada revolução bolivariana, a devoção a ele foi objeto de bordões, gritos de guerra e material de campanha tanto quanto o nome do seu candidato que aparece entre as opções das 39 mil urnas eletrônicas mobilizadas neste domingo.

Continue reading “Um olhar sobre o ‘último referendo sobre Chávez’”