Brasil, Venezuela, e as ‘bruxas’ em protestos violentos

É INFORTÚNIO, porém ilustrativo, que protestos recentes no Brasil e na Venezuela tenham resultado em mortes. Respeitados os distintos contextos, as reações oficiais ilustram a preocupante lacuna democrática que existe entre uma sociedade e outra.

Continue reading “Brasil, Venezuela, e as ‘bruxas’ em protestos violentos”

Maduro: Vitória política, abacaxi econômico

PASSADAS AS ELEIÇÕES municipais do último fim de semana na Venezuela – vencidas pelo governo com significativa margem – o presidente Nicolás Maduro terá de fazer escolhas políticas difíceis para resolver uma das mais complexas situações econômicas da história recente do país.

Analistas avaliam que, pela primeira vez desde a apertada eleição presidencial de abril, Maduro conseguiu se reaproximar da base de apoio chavista e levantou certo capital político – que poderá empregar na adoção de medidas para solucionar uma lista de problemas agudos.

Por outro lado, ele presidirá um governo cuja tendência no campo econômico analistas ainda consideram difícil de decifrar.

Continue reading “Maduro: Vitória política, abacaxi econômico”

Oposição chama – e perde – ‘plebiscito’ na Venezuela

O RESULTADO DAS eleições venezuelanas do domingo passado indicaram mais uma vez a incapacidade da oposição de levar em conta as aspirações concretas e cotidianas dos venezuelanos, como um médico que decide um diagnóstico e ignora o dado mais básico do paciente, a temperatura que o termômetro está mostrando.

A estratégia do líder da oposição, Henrique Capriles Radonski, de transformar as eleições municipais em um “plebiscito” contra o governo saiu pela culatra: 76% dos municípios venezuelanos ficaram sob controle chavista e 23% sob controle da oposição, com uma diferença de 1,1 milhão de votos.

Continue reading “Oposição chama – e perde – ‘plebiscito’ na Venezuela”

Venezuela: Santo Chávez, transição incompleta

ZAPEANDO PELOS canais de TV, às vezes me detenho em um programa chamado Long Island Medium, sobre uma médium de Long Island, estado de Nova York, que viaja pelos EUA oferecendo consultas a famílias que perderem um ente querido.

Somos, os telespectadores, apresentados a famílias que precisam ouvir de seus falecidos uma palavra final antes de poderem prosseguir com suas vidas. A eles, a médium e apresentadora Theresa Caputo oferece uma rápida consulta – e todos seguem adiante.

Que os céticos duvidem dos poderes especiais de Theresa, me parece irrelevante: sua missão não é simplesmente ouvir os mortos, mas dar uma chance aos vivos.

Continue reading “Venezuela: Santo Chávez, transição incompleta”

Maduro’s devotion to Chavez: Unfinished business

FLICKING THROUGH TV channels, I sometimes stop on a programme called Long Island Medium. The storyline is: presenter and medium Theresa Caputo travels around the States meeting people whose loved ones died and left unfinished businesses in this world.

The families she meets need to hear a final word from their departed ones before they can resume their lives. So Theresa gives them a quick ‘reading’ and on they move.

The fact that many wouldn’t believe Theresa’s special power is for me beside the point: her crusade is not about hearing the dead, but empowering the living.

Continue reading “Maduro’s devotion to Chavez: Unfinished business”

O desafio de comunicar uma revolução sem um ‘Che’

CHE GUEVARA foi transformado em ícone global e as balaclavas do Exército Zapatista de Liberação Nacional (EZLN) do Estado de Chiapas, no México, já mostravam que o pop também está a serviço das revoluções contemporâneas.

Na Venezuela, ninguém como o chamado líder da autoproclamada revolução bolivariana se adequou tão bem a essa finalidade quanto Hugo Chávez.

Continue reading “O desafio de comunicar uma revolução sem um ‘Che’”

Um olhar sobre o ‘último referendo sobre Chávez’

MILHÕES de venezuelanos vão às urnas neste domingo em uma eleição presidencial que se converteu, como era previsto, em um referendo – póstumo e último – sobre os 14 anos da era Hugo Chávez.

Mesmo sem a presença física do líder da chamada revolução bolivariana, a devoção a ele foi objeto de bordões, gritos de guerra e material de campanha tanto quanto o nome do seu candidato que aparece entre as opções das 39 mil urnas eletrônicas mobilizadas neste domingo.

Continue reading “Um olhar sobre o ‘último referendo sobre Chávez’”