Nossa história nos porões da ditadura

NA MINHA MENINICE, nunca achei que meu pai fosse super-herói. Mas eu sabia que ele era um homem forte.

Diziam que, nos anos de chumbo, tinha apanhado tanto que, certa vez, os algozes do regime militar lhe haviam quebrado um cacetete no peito.

Continue reading “Nossa história nos porões da ditadura”